Caicó

Atrativos Turísticos


Poço de Sant’Ana –  Não se sabe ao certo a origem do Poço de Sant´Ana, sabe-se que existem alguns mitos de sua origem, como, por exemplo, quando um vaqueiro foi atendido por uma promessa à Nossa Senhora Sant´Ana, que o abençoou com um livramento, a partir de então, o vaqueiro começou a construir uma capela em sua homenagem. Foi iniciada a construção do templo, porém era um ano de grande seca, e a única forma de abastecimento de água seria um poço às margens do Rio Seridó. Diante da escassez de água, o vaqueiro fez uma nova promessa a Sant´Ana para que o poço não secasse. Daí em diante o local passou a ser conhecido como Poço de Sant´Ana. Outros mitos ainda dão conta da origem do Poço de Sant´Ana. Após a construção da Ilha de Sant´Ana em 2008 o Poço de Sant´Ana ficou localizado dentro da estrutura. Atualmente o poço encontra-se poluído e quase seco (NETA, 2003). O atrativo não possui sinalização de acesso e nem sinalização turística. Ainda, é necessária uma melhor conservação do espaço, como colocação de lixeiras e placas de conscientização (Fonte: Inventário Turístico, 2017).

 

 

Açude Itans –  O Açude Itans teve como início de sua construção o ano de 1932, no leito do rio Barra Nova. A iniciativa foi do então Ministro da Viação e Obras Públicas, Dr. José Américo de Almeida. Depois de 4 anos de trabalho o Açude Itans foi inaugurado em 3 de fevereiro de 1936. Com finalidade de abastecer a cidade de Caicó, sua capacidade inicial era de 81 milhões de metros cúbicos de água. Na ocasião o açude foi batizado com o nome de Itans em virtude de haver no rio uma espécie de ostra conhecida por esse mesmo nome. O Açude foi construído em terra batida e em suas margens estão localizados diversos balneários e a estação de piscicultura (ARAÚJO, 2003).

 

 

Gruta da Caridade –  A Gruta da Caridade está inserida na Serra da Cruz, localizada no município de Caicó, distante cerca de 35 km da sede municipal, com acesso via RN-118 e estradas carroçáveis, passando pelo povoado Lajinhas. Para o acesso até a entrada da gruta, faz-se necessário uma caminhada de 300 metros de grau semipesado subindo a Serra da Cruz. Através de mapeamento realizado com a Sociedade Espeleológica Potiguar, (Almeida Netto et al. 2008), definiram a gruta como sendo uma caverna formada por um pequeno rio, com poucas passagens laterais, podendo ser considerada um longo corredor, ainda repleta de curvas e água incessante. A sua origem se deu através da hidrografia, ainda bastante ativa, mesmo nos períodos de estiagem, que adentrou as fraturas no mármore da serra, dissolvendo-o e erodindo-o. Orifícios no mármore dão acesso a outras áreas da caverna. Já no interior há formações de estalactites, uma lagoa e figuras rupestres  (MEDEIROS, 2017)

 

Ortognaisse – O Ortognaisse Caicó que está localizado a 12,5 km, a leste, da porção central de Caicó, na margem direita da RN-228 que liga os municípios de Caicó a São José do Seridó. O mesmo está sob uma ponte, no leito do rio São Bernardo. São cerca de 30 minutos do Centro da cidade até o Ortognaisse Caicó (figura 19). O acesso é fácil, podendo ser feito de carro ou moto, para chegar até o local é preciso entrar em uma propriedade particular (basta comunicar aos proprietários) e assim ir de encontro ao afloramento rochoso. No local é possível apreciar o quão bonito são as formações rochosas desse geossítio (MEDEIROS, 2017).

 

Serra de São Bernardo – No local o desenvolvimento de atividades como o geoturismo podendo ser associado com o ecoturismo e com o turismo de aventura, tendo em vista que podem ser realizadas várias atividades: trekking, camping, entre outros. Além de inspirar poetas e violeiros, tendo em vista que existem algumas produções nesse sentido sobre a serra (MEDEIROS, 2017).

 

Complexo Turístico Ilha de Sant’Ana – Inaugurado em 23 de julho de 2008, está localizado na Avenida Seridó, sendo um grande espaço de convivência e lazer onde são desenvolvidas diversas atividades como, por exemplo, festivais de quadrilhas juninas, apresentações culturais e eventos em geral. Conta com estrutura de palco para shows, praça de alimentação, ginásio poliesportivo com capacidade de até 3.000 mil pessoas, área de lazer para crianças, boxes de artesanato, anfiteatro. A área do espaço compreende mais de 147 mil metros quadrados, com infraestrutura de estacionamento, pontes, avenidas, parques e passarelas. O complexo foi desenvolvido pensando no incremento e fomento do turismo local, principalmente no que se refere ao de eventos. As áreas da Ilha de Sant´Ana são utilizadas para caminhadas, passeios de bicicletas, eventos em geral. O horário de funcionamento regular é das 05h00min às 22h00min, diariamente, no período de eventos esse horário é estendido (CAIANA, 2013).

 

Capela de São Sebastião – Localiza-se no Serrote da Cruz, na Ilha de Sant´Ana, município de Caicó. Em 1940 em cumprimento a uma promessa do Sr. Inácio Nóbrega, conhecido por “Inácio Caritó”, foi construída, com auxílios públicos, uma pequena capela em homenagem a São Sebastião, o santo protetor, contra a peste, a fome e a guerra. A capela foi inaugurada em 29 de setembro de 1940. Em 1966 a construção desabou, haja vista a sua fragilidade sob a ação do tempo. Então os devotos e moradores das proximidades ergueram um galpão de pedra para preservar o local. O passar dos anos provocou o sentimento de preservação da memória nos moradores das proximidades do rio e devotos de São Sebastião, assim, houve uma mobilização de um grupo, que se propuseram, com recursos próprios e doações de benfeitores, revitalizar o Serrote da Cruz, reconstruindo a Capela de São Sebastião. Assim, foi concluída em 20 de janeiro de 1990. Posteriormente o Sr. Jorge Diniz fez a doação da estátua de São Sebastião que foi colocada na lateral da capela (MEDEIROS, 2003). A capela encontra-se aberta somente quando ocorrem os atos religiosos. As festividades de São Sebastião ocorrem no mês de janeiro com a realização de missas e novenas. Para chegar até a Capela o acesso se dá pelo próprio Serrote da Cruz, assim, o atrativo não possui acessibilidade para pessoas com necessidades especiais, bem como, não possui sinalização turística (Fonte: Inventário Turístico, 2017).

 

Educandário Santa Terezinha – Localiza-se à Rua Visitador Fernandes, Centro de Caicó, foi edificado em 11 de outubro de 1925. É uma instituição de ensino privado pertencente à Congregação das Filhas do Amor Divino. Foi o primeiro estabelecimento de educação católica destinada a educação feminina em Caicó, com o passar do tempo, começou a procura por matrículas para o sexo masculino. Dessa forma, para atender as demandas da época, em 1952 o até então colégio passou receber moças e rapazes. Em 1971, a designação de Colégio foi substituída pelo nome de Educandário Santa Teresinha. Em 2004, o Educandário Santa Teresinha foi ampliado com a fundação do Ensino superior. Atualmente o Educandário também oferece os cursos: Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio para ambos os sexos (Fonte: Inventário Turístico, 2017).

 

Educandário Santa – Foi remodelada em 1864, como consta em sua fachada, não há registros do início de sua construção, está localizada no Centro da cidade e em seu largo encontra-se a Praça do Rosário ou Praça Eduardo Gurgel (Prefeito de Caicó em 1929, destituído com a Revolução de 1930, cujo busto encontra-se na praça). Suas festividades religiosas acorrem no mês de outubro e conta em sua programação com diversas atividades como, missas, novenas, batizados, procissão, dentre outros festejos. Em 27 de dezembro de 1771, foi criada a Irmandade dos Negros do Rosário, que até os dias atuais comemoram seus rituais, e no último dia da Festa de Nossa Senhora do Rosário é coroado um novo Rei e Rainha no patamar da Igreja (PALHARES, 2003).

 

Casa Forte do Cuó – Construída para defender os proprietários de terra, em 1683 por iniciativa do Coronel Antônio de Albuquerque da Câmara que serviria de habitação e ao mesmo tempo posto defensivo (1683-1713) situada no Sítio Penedo. A Casa Forte do Cuó é um importante patrimônio histórico, pois foi uma das primeiras construções coloniais do Seridó. É um marco também do massacre aos povos indígenas seridoenses. Atualmente restam somente vestígios de seus alicerces. O termo Cuó significa Acauã que quer dizer pássaro devorador de cobras, se acrescentarmos Quei temos Queiquó que mais tarde deu nome ao município Caicó (CASADO, 2003).

 

Antiga Capela de Sant´Ana – Erguida em 20 de setembro de 1695 pelo comandante e subordinados da Casa-Forte por intermédio do Frei Antônio João do Amor Divino. Com a instalação da freguesia da Gloriosa Senhora Sant´Ana do Seridó, em 26 de julho de 1748, os fregueses deliberaram sobre a escolha de um novo local para ser erigida a Matriz. Iniciada a construção de um templo maior (a atual Catedral de Sant´Ana), a antiga capela perdeu parte de sua importância, funcionando a partir de então como Capela de Nossa Senhora do Rosário. Seu desaparecimento ocorreu entre 1789 e 1800. Atualmente restam seus vestígios no Sítio Penedo junto à Casa Forte do Cuó, marco das primeiras construções do Seridó (CASADO, 2003).

 

Biblioteca Pública Olegário Vale – No ambiente de efervescência cultural de fins do século XIX, foi que, em Caicó, por iniciativa do Delegado Escolar, Olegário Gonçalves de Medeiros Vale, era criada, em 31 de março de 1884, a primeira biblioteca da cidade. Com um acervo inicial composto de 200 volumes, essa biblioteca recebeu a denominação de Club 20 de janeiro e foi mantida pela Sociedade Literária Santa Cecília, extinta por volta de 1910. Os intelectuais, os professores, as lideranças políticas locais e pessoas da comunidade apoiaram uma Campanha de jovens jornalistas, a qual resultou na criação da Biblioteca Olegário Vale, em homenagem ao fundador do Club 20 de janeiro. Assim sendo, em 14 de setembro de 1919, no período compreendido entre a Festa de Sant’Ana (mês de julho) e a Festa do Rosário (mês de outubro), um acontecimento memorável marcou a vida cultural da cidade de Caicó (RN): a inauguração da Biblioteca Olegário Vale, já em funcionamento desde 1918, em salas da Intendência Municipal, que também sediava o Grupo Escolar Senador Guerra (ARAÚJO, 2008). Atualmente a Biblioteca Pública Olegário Vale possui um grande acervo cultural e está localizada na Rua Felipe Guerra, Centro da cidade, é aberta ao público e possui acessibilidade para pessoas com dificuldade de mobilidade.

 

Catedral de Sant’Ana – Há registros indicando que a construção da Catedral de Sant´Ana já estava concluída no ano de 1785, a igreja sofreu diversas modificações desde sua construção. Atualmente o templo apresenta frontispício curvilíneo, ladeado por suas torres sineiras. Possui uma porta central assentada em vão de arco pleno, ladeada por duas outras portas em vãos de arcos ogivais. No coro existem três janelas protegidas por guarda-corpo de ferro. Seu interior é constituído por capela-mor, naves, coro e pia batismal. No largo da matriz encontra-se a Praça de Sant´Ana (Praça Monsenhor Walfredo Gurgel, educador e político caicoense) (CASADO, 2003). As festividades da Padroeira Sant´Ana acontecem no mês de julho, sendo a maior festa religiosa e social do Seridó Potiguar, na qual ocorrem em sua programação, missas, novenas, festividades musicais, procissão, dentre outros momentos festivos em homenagem a Nossa Senhora Sant´Ana. Em 2010 a Festa de Sant´Ana foi registrada pelo IPHAN como patrimônio cultural imaterial do país.

 

Arco do Triunfo – Construído para marcar a passagem da imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima em 22 de novembro de 1953. Essa visita foi marcada por uma solenidade bastante concorrida pela população local e de cidades circunvizinhas. Após o evento, foi ideia de D. José Adelino construir o Arco do Triunfo, colocando no topo uma réplica da imagem da Virgem de Fátima. A construção durou por 5 anos, sendo inaugurada em 15 de agosto de 1958. Esse monumento encontra-se na Praça Monsenhor Walfredo Gurgel, no largo da Matriz de Sant´Ana (MEDEIROS, 2003).

 

Casa de Pedra – É uma construção colonial iniciada no ano de 1730, tendo como seu morador mais conhecido o português Antônio da Rocha Gama que habitou a casa entre os anos de 1775 e 1830, desse modo, ficou conhecida por um determinado tempo como a casa do português. Arquitetonicamente, trata-se de uma construção sólida, lembrando uma Casa Forte. No seu interior sofreu modificações para se adaptar ao estilo de vida contemporâneo, mas a sua fachada encontra-se com as feições originais, exibindo as pedras usadas em sua construção (LISBOA, 2003). A Casa de Pedra está localizada na Rua Visitador Fernandes nas imediações da Ilha de Sant´Ana. No corrente ano, a Casa de Pedra é aberta ao público no horário de 08 às 11. No espaço encontra-se um atelier de artistas locais.

 

Casa de Cultura e Sobrado do Padre Guerra – O Sobrado do Padre e Senador Francisco Brito Guerra, mais conhecido como “Sobrado do Padre Guerra”, teve como início de sua construção o ano de 1810 e sua conclusão no ano de 1811, por iniciativa do Padre Guerra onde morou por 34 anos e está localizado à Rua Padre João Maria. A edificação assobrada revolucionou as técnicas de construção até então vigentes na região, sendo um marco para a época e impulsionando o desenvolvimento urbano de Caicó. No prédio funcionou por muito tempo a Escola de Latim, haja vista, que o Padre Guerra era um exímio latinista. Arquitetonicamente o Sobrado apresenta dois pavimentos, tendo uma sóbria fachada, na qual se divisam em cinco portas e igual número de janelas. O seu interior já sofreu várias modificações. A mobília original foi perdida com o tempo, onde existiam móveis de madeira de lei e talheres, copos, colheres, estribos, salva e brida de prata (LISBOA, 2003). Atualmente no prédio funciona a Casa de Cultura Popular, sendo desenvolvidas diversas atividades culturais durante todo o ano, principalmente no período da Festa de Sant´Ana.

 

Casario Histórico – Pode-se encontrar na cidade de Caicó um valioso conjunto arquitetônico no que se refere à sua quantidade e qualidade no estilo colonial. São edificações singelas e fortes, porém, muito bem adaptadas ao clima do sertão. Não possuem recuos. Possuem poucas aberturas geralmente emolduradas por arcos abatidos. Suas empenas são altas com beirais paralelos a rua e que descansam sobre uma cornija. São casas feitas para durarem séculos e estão localizadas a Av. Seridó (CAVALCANTI, 2003).

 

Edificação da Antiga Prefeitura de Caicó – A construção do Prédio da antiga Prefeitura de Caicó foi iniciada no período monárquico em 1888 e concluída em 1890. O prédio já teve muitos usos. Em 1903, Felipe Guerra fundou ali um colégio para meninos, que funcionou somente por um ano. Em 1908 passou por algumas adaptações para acomodar provisoriamente os alunos do Grupo Escolar Senador Guerra que ia ser fundado na cidade. É uma edificação retangular e robusta, com traços do ecletismo neoclássico, possui amplos espaços internos. Foi durante muito tempo um espaço de lazer da elite caicoense. No “Salão da Intendência”, hoje Salão Nobre da Antiga Prefeitura, realizavam-se, além das solenidades oficiais, os bailes cuja pompa não permitia a presença das pessoas mais pobres. Além de ser um espaço, até as primeiras décadas do século XX, para a encenação de “dramas” – peças teatrais de artistas itinerantes e locais. Foi no “Salão da Intendência” onde aconteceu a primeira exibição de cinema mudo durante a Festa de Sant´Ana em 1910 (SILVA, 2003). Atualmente no prédio acontecem eventos promovidos pela Prefeitura Municipal de Caicó, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, é a sede do Conselho Tutelar e está localizada na Rua Felipe Guerra, no Centro da cidade.

 

Colégio Diocesano Seridoense – Com o objetivo de empreender e impulsionar a educação em Caicó o primeiro bispo da Diocese de Caicó criada em 1940, D. José de Medeiros Delgado, criou em 1º de março de 1942, o Ginásio Diocesano Seridoense, (mais tarde Colégio Diocesano Seridoense). Inicialmente o Colégio começou a trabalhar com uma clientela de 41 alunos nos cursos primários e de admissão. Sendo instalado, a partir de 1943, o curso ginasial com 51 alunos. O Diocesano tinha uma clientela apenas de rapazes, contrastando com o Educandário Santa Teresinha que abrigava apenas moças. Durante muito tempo o Diocesano foi o único colégio masculino da região (ARAÚJO, 2003). Em 1960 passou a receber alunos do sexo feminino. Em 1964, devido ao grande número de alunos a requerer matrícula, o Colégio ampliou as suas instalações e criou o primeiro curso Científico da Região do Seridó. Durante muitos anos o colégio abrigou em suas instalações a Escola Estadual Mons. Walfredo Gurgel. O CDS é uma instituição educacional pertencente à Diocese de Caicó, cujo presidente é o Bispo Diocesano. Tem como atual diretor o Pe. Francisco de Assis Costa da Silva. E sua localização é a praça D. José Delgado.

 

Paróquia de São José – A Paróquia de São José está localizada na Praça D. José Delgado, ao lado do Colégio Diocesano Seridoense, foi criada em 09 de novembro de 1966, por Dom Manuel Tavares de Araújo, 3º Bispo de Caicó. Desmembrou-se da Paróquia de Sant´Ana de Caicó. As festividades do padroeiro São José acontecem no dia 19 de março, onde ocorrem novenários, missas solenes, procissão de abertura e encerramento, dentre outras atividades. O atrativo dispõe de acessibilidade para pessoas com mobilidade reduzida.

 

Feira Livre – Concentrada na Rua Olegário Vale do município de Caicó. A entidade mantedora é o município. Para chegar ao local não há uma sinalização de acesso e nem turística. Nas proximidades do local, conta com os correios, meios de hospedagens, bares e restaurantes e a rua comercial. A feira funciona todos os dias das 04h00m até 12h00m.

 

Museu do Seridó – Tem sua sede no prédio do antigo Senado da Câmara e Cadeia Pública da Vila do Príncipe (antigo nome do município de Caicó). Sua construção foi finalizada no ano de 1812 (GOMES, 2003). Porém o museu surgiu na década de 60, por ideia do Padre Antenor Salvino de Araújo e inicialmente tinha como denominação “Museu Pena de Ouro”. O acervo até 1981 era de responsabilidade da Diocese de Caicó, no entanto, nesse período, a administração do museu passou a ser da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), tendo em vista a criação do Centro de Ensino Superior do Seridó (CERES) e o Curso de História em Caicó. Atualmente o Museu do Seridó encontra-se fechado, tendo um estado de conservação crítico.

 

Mercado Público – Inaugurado em 23 de fevereiro de 1918, situado no Centro Comercial da cidade, o Mercado Público está localizado no Centro da cidade e abriga os mais variados estabelecimentos comerciais: bares, restaurantes, lojas de calçados e confecções populares, reúne também bancas e pontos que comercializam produtos regionais artesanais e comidas típicas, é famoso ainda pelo seu caldo de cana e pastel. O prédio tem concepção arquitetônica eclética, encimada por efígies de Hermes, deus grego do comércio (GOMES, 2003).

 

Castelo Engady – Construído no período de 1973 a 1974 pelo Monsenhor Antenor Salvino de Araújo em estilo que se aproxima do mouro-medieval, para ser lugar de recolhimento e oração, tendo sete torres em honra ao número sagrado da Bíblia. O Castelo está acentuado em terreno acidentado com rochedos e cercado pela vegetação natural da caatinga (SILVA, 2003). Atualmente o Castelo encontra-se abandonado, e com a ação do tempo está bastante deteriorado, funcionou por alguns anos como a sede do corpo de bombeiros de Caicó e é de propriedade do Governo do Estado.

 

Mosteiro das Clarissas – O grupo fundador do Mosteiro de Caicó, composto por oito monjas, veio do Rio de Janeiro, quando em 17 de junho de 1984 aconteceu a fundação do Mosteiro. Ficou provisoriamente instalado no Castelo de Engady, de propriedade do Pe. Antenor Salvino, pároco de Sant´Ana. Em 1986 foram inauguradas as dependências principais do mosteiro, já com condições de abrigar as religiosas. Em 07 de maio de 1989 aconteceu a bênção e dedicação da capela, completando o conjunto principal do mosteiro. A estrutura arquitetônica acompanha a sobriedade do conjunto, sendo o complexo composto pelo claustro, pela capela, um cemitério, dependências para hóspedes e o parlatório. A Festa de Santa Clara é celebrada no dia 11 de agosto. As religiosas acompanham as liturgias e as cerimônias com cânticos sendo alguns em latim. As monjas também trabalham com artesanato para sustentar o mosteiro (MEDEIROS, 2003).

 

Centro Cultural Deputado Adjuto Dias – Foi inaugurado em 2002, com espetáculo do cantor Chico César e da cantora Dodora. Possui 447 poltronas, 2 camarotes (com mais 16 lugares), uma sala de projeção de cinema, 4 camarins, 5 salas para oficinas e estacionamento para 300 carros. Esse espaço tem como intuito as apresentações de expressões artísticas como, teatro, música, dança, artes plásticas, dentre outros. Atualmente o Centro Cultural encontra-se sem funcionamento e em processo de deterioração com o passar do tempo (MACÊDO, 2003).

 

Alambique Samanaú – O início da produção da Cachaça Samanaú foi no ano de 2004, onde o Sr. Vidalvo Dadá Costa instalou no Sítio Samanaú um alambique artesanal que produz a Cachaça Samanaú. A principal via de acesso ao alambique fica a 14 Km de Caicó pela RN 288, no sentido de São Jose do Seridó, ou ainda a 15 Km de Caicó pela BR 427, no sentido do município de Jardim do Seridó. A Cachaça possui o certificado de conformidade orgânica e tem como seu modo de preparo as seguintes etapas: Moagem, fermentação, destilação, envelhecimento e engarrafamento. A Cachaça Samanaú pode ser adquirida na sua propriedade, bem como, por meio virtual, no qual as entregas são realizadas para todo o Brasil. O Alambique está aberto a visitações desde que seja agendado.

 

Queijaria Dona Gertrudes – Localiza-se no Centro da cidade de Caicó, na Rua Olegário Vale. A produção dos queijos se dá na zona rural do município, com uma capacidade produtiva de 150 kg por dia. A empresa produz queijos de Manteiga, Coalho, Manteiga da Terra, Nata e Doce de Leite, sendo um diferencial no ramo devido as formas de produção dos produtos que seguem uma tradição familiar. No ano de 2013 o Queijo de Manteiga foi Bicampeã na categoria “Queijo de Manteiga” como o melhor do Nordeste.

 

Produtos Dona Dêja – É um empreendimento localizado no município de Caicó que atua no setor de gastronomia. Tem como principal atividade a venda de cortes suínos e produção da linguiça caseira do sertão. A receita base para a produção da linguiça segue os seguintes passos: salga da carne, 01 noite de desidratação da carne. No dia seguinte, a carne é moída e temperada com alho, vinagre e pimenta do reino. Em seguida em embutida em tripas bovinas e embalada para venda.

 

Bordados de Caicó – Trata-se de um estilo peculiar da região do Seridó. Devido a este artesanato, a cidade de Caicó passou a integrar diversos projetos associados ao turismo pela identificação dos produtos com a cultura e identidade regional.

 

Produtos Caicó – Em 1983, Dona D’Arc, a convite de sua cunhada (Benedita), começou a fabricar e vender os primeiros produtos, onde a receita era de sua irmã Diana. De início, fabricaram Biscoito Palito, Raiva e Sequilhos. Tudo começou com esses produtos, passando pela aprovação de todos os que provaram, surgindo assim a ideia de vendê-los. Dessa maneira, se constituiu em um pequeno comércio de porta em porta, oferecendo a todos em sua rua, na rua seguinte, na rua de trás, no bairro vizinho. Mediante o sucesso das vendas, colocaram uma “banca” na feira livre. Não sobrava nada. Por conseguinte, começaram a entregar em pequenos supermercados. Desde então, que o desejo é buscar ingredientes de ótima qualidade, para que os produtos fiquem cada vez melhor, essa é parte mais difícil hoje em dia. Com todo esse cuidado não poderia ser diferente: as encomendas foram surgindo, as pessoas foram conhecendo cada vez mais e, hoje, conta com aproximadamente 18 pessoas formando a equipe, incluindo filhas e netos. Atualmente existem em torno de 15 receitas diferentes formando os Produtos Caicó, cada uma com sua particularidade. Contêm três receitas novas, que são os biscoitos de pimenta, castanha e maracujá. Com esse sucesso e a ajuda do SEBRAE, outras cidades já podem conhecer esses produtos por meio de feiras de negócios e exposições (PRODUTOS CAICÓ, 2017).

 

 

Outros Destinos

Lagoa Nova

Município serrano, localizado próximo a Currais Novos, Lagoa Nova encanta pelas belezas naturais e clima ameno, onde o turismo de segunda residência vem se desenvolvendo. Além de ser um grande prod...

CONHEÇA
Cerro Corá

Localizada no alto da Serra de Santana, Cerro Corá abriga a nascente do Rio Potengi. Com clima agradável e um açude no centro da cidade, é cenário ideal para a prática de atividades ao ar livre, o ...

CONHEÇA
São Fernando

Festa de Nossa Senhora do Patrocínio (Novembro)

CONHEÇA
Jucurutu

Construída às margens do Rio Piranhas-Açu, Jucurutu – assim como a grande maioria das cidades do Seridó – foi povoada com base na pecuária. Atualmente sua economia é impulsionada pela atividade min...

CONHEÇA