Grossos

Atrativos Turísticos


Igreja Matriz do Sagrado Coração de Jesus – localiza-se à Av. Raimundo Gonçalves de Oliveira, 217 – Centro. Trata-se de um dos prédios mais antigos da cidade, cujo fluxo de visitantes é mais expressivo nos meses de junho e dezembro quando ocorre a festa do Padroeiro. A igreja é aberta de quinta-feira a domingo, às 19h00min e nos demais dias às 13h00min.

 

Igreja Nossa Senhora Auxiliadora – Localiza-se na Comunidade Rural de Barra, zona rural de Grossos, cuja construção data de 24 de maio de 1943. O fluxo de visitantes é mais expressivo na 1ª sexta-feira de cada mês, quando acontecem as celebrações da Santa Missa.

 

Moinho Holandês – O principal moinho da Ilha de Grossos foi inaugurado na Salina Marisco, aproximadamente em 1905, pela Companhia de Comercio, Indústria e Navegação. De grande relevância para o bombeamento de água para a produção do sal, perdeu a funcionalidade ainda nos anos de 1950, quando foi substituído por motores a diesel. Porém somente em 11 de dezembro de 2009, data que Grossos completou 56 anos de emancipação política, foi realizada oficialmente a reinauguração desse equipamento histórico, tornando-se um atrativo turístico da cidade. O moinho possui cerca de 15 metros de altura e 11 metros de diâmetro.

 

Praia de Pernambuquinho – Situa-se na zona rural do município, a 1,5 km da sede, na Comunidade de Pernambuquinho, próxima a foz do Rio Mossoró. Possui vegetação original e alterna trechos marítimos com ondas fracas e fortes. Há existência de arrecifes. O nome Pernambuquinho provém do tupi paranã-mbuca (“o furo ou entrada do lagamar”, “lagoa de água salgada”) (DANTAS, 2006). Nesse cenário singular do litoral de Grossos, pratica-se esportes de aventura de natureza náutica, especialmente o kitesurf, o que faz da praia uma área de moderada visitação de turistas nacionais e até internacionais para realização desse esporte.

 

Praia de Grossos (Prainha) – O topônimo refere-se a um capim grosso e áspero, paspalum. Esse tipo de capim é encontrado abundantemente na região onde está localizada essa praia. A Prainha possui urbanização, com bares padronizados e espaços para eventos populares, além de um terminal de embarcações para a travessia de balsas (Grossos – Areia Branca) (DANTAS, 2006).

 

Praia de Barra – Com extensão de 1.5 km, situa-se na zona rural, Comunidade de Barra. Na região existem equipamentos de gastronômicos (bares e restaurantes) bem estruturados que oferecem o melhor da gastronomia local (peixes, frutos do mar e comida regional).

 

Praia de Areias Alvas – A tonalidade luminosa e especial das areias existentes no trecho litorâneo situado entre as comunidades de “Gado Bravo” e “Pernambuquinho” deu nome à Praia de Areias Alvas. A praia possui uma faixa larga de areia “luminosa”, com ondas calmas, próprias para o banho. Ali existe o lugarejo denominado também de Areias Alvas, conhecido como a “terra dos gigantes”, uma referência aos cajueiros da região de grande expressividade de tamanho (DANTAS, 2006).

 

Praia de Alagamar – Situa-se na zona rural do município, na Comunidade de Alagamar. Ao longo desse trecho litorâneo é possível encontrar vegetação de caatinga e litorânea. A praia é propícia para a prática de banho e atividades de lazer, apesar de não existir fluxo turístico tampouco infraestrutura de apoio ao turista.

 

Mangue da Barra – Situado ao longo do Rio Mossoró, apresenta-se com maior expressividade na Comunidade Rural Barra, com aproximadamente 300 km de extensão (Inventário Turístico de Grosso, 2013). Estrutura-se por meio de sistema ecológico costeiro tropical dominado por espécies vegetais, mangues e animais típicos, as quais se associam outras plantas e animais, adaptadas a um solo periodicamente inundado pelos mares, com grande variação de salinidade (IDEMA, 2008).

 

Rio Mossoró – Apesar de nascer como Rio Apodi-Mossoró na Serra de Luís Gomes, ao passar pela cidade de Mossoró recebe a denominação de Rio Mossoró, cuja foz entre a cidade de Grossos e Areia Branca, no Oceano Atlântico. É o segundo maior rio potiguar, com cerca de 210 km de extensão. Entre as cidades de Grossos e Areia Branca existem travessias e passeios de balsas (carga e passageiros) de forma regular, o que proporciona aos usuários desses serviços momentos de contemplação junto ao patrimônio ambiental e à biodiversidade fluvial existente ao longo do percurso.

 

Produção Artesanal de Sal Marinho – Grossos é um dos maiores produtores de sal marinho do Rio Grande do Norte em escala industrial. A produção na modalidade artesanal também é um ponto forte da região, em que a forma rudimentar de produção e tratamento do sal apresenta-se como importante atividade econômica e singular atrativo turístico.

 

 

Outros Destinos

Mossoró

A Capital do Oeste é destino obrigatório no Rio Grande do Norte. A cidade que expulsou Lampião é polo cultural importante, com seu belíssimo teatro, o Museu da Resistência, os casarios históricos e...

CONHEÇA
Areia Branca

Aqui está localizada a Ponta do Mel, onde o sertão vira mar e o mar vira sertão – o antigo sonho de todo sertanejo. Areia Branca é conhecida como a Terra do Sal e é famosa por suas praias paradisía...

CONHEÇA
Tibau

Em Tibau, estão as areias coloridas. Repleta de paisagens belíssimas, a cidade é o ponto final do roteiro de praias do Rio Grande do Norte. Conheça a feira orgânica e a produção de frutas e verduras.

CONHEÇA
Serra do Mel

Como o próprio nome indica, a cidade é produtora de mel, além de caju e castanha. A 215 metros do nível do mar, Serra do Mel é uma cidade única. Situada numa região onde a terra encontra a água,...

CONHEÇA